"A maioria que não iria", justifica Derson para cancelamento das sessões plenárias

Hoje foi tema em nosso a blog a revolta do vereador Luís do Gurutil, de Mirinzal, por conta do cancelamento das sessões plenárias da Câmara Municipal de Mirinzal das últimas semanas. Em resposta ao blog, o vereador e presidente da Casa, Wanderson Ribeiro, o Derson, afirmou que as atividades foram canceladas com consenso da maioria dos vereadores.

13882187_1010105582420670_1758575727514788949_n
Derson (à esquerda) é o presidente da Câmara de Mirinzal

Derson disse que “não teve sessão em respeito a maioria que não iria […] sendo que ele [Luís do Gurutil] estava mal informado, pois, as sessões começariam nessa sexta”, afirmou o presidente da Câmara. Ainda segundo ele, os vereadores, em sua maioria, alegaram não poder estar presente na sessão e que para saber os motivos, “só conversando com eles”, afirmou.

Segue, a conversa do blog com o vereador que apresenta as afirmações:

Screenshot_2016-08-14-18-46-35.png

A Câmara dos Vereadores de Mirinzal entra em sua terceira semana consecutiva sem sessão plenária. Os trabalhos foram suspensos desde antes do recesso parlamentar e até então, não voltaram.

Robert Willian Valporto

Robert Willian Valporto é graduado em Comunicação Social - Jornalismo; em Gestão Pública; pós-graduado em Assessoria e Gestão da Comunicação; MBA em Gestão Pública; Mestrando em Comunicação.

One thought on “"A maioria que não iria", justifica Derson para cancelamento das sessões plenárias

  • agosto 15, 2016 em 12:48 pm
    Permalink

    “A sessão foi cancelada em respeito aos amigos vereadores que não poderão está presente”, e o respeito com o amigo “Mirinzalense” que elegeram os devidos para representar seus interesses e depositaram confiança nessas respectivas pessoas, afinal, não é um trabalho? Vocês estão sendo pagos pra trabalhar!

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *