Excesso de chuvas causa transtornos em Imperatriz

Na noite do último domingo (15), o município de Imperatriz registrou mais de quatro horas de chuva intensa causando o transbordamento de riachos, estragos na cidade, além de deixar famílias desabrigadas.

Com a chuva, o nível do Rio Tocantins subiu 6,7 metros acima do normal e cerca de 200 casas foram invadidas no bairro Beira-Rio. O Exército foi convocado para fazer a remoção das famílias ribeirinhas. 

Vários bairros como Parque Alvorada, Vilinha, Mutirão, João Castelo, Vila Ipiranga, Bacuri, Santa Rita, Cinco Irmãos e Nova Imperatriz, foram os mais alagados. Veículos foram arrastados pela correnteza, além de ficarem presos em buracos após a chuva.

Escolas da rede municipal foram alagadas e a Prefeitura suspendeu as aulas nas 148 escolas de Imperatriz. 

Segundo o Instituto Nacional de Metereologia, nas duas primeiras semanas de março, já choveu mais que o dobro do esperado para o mês inteiro. Desde o dia 1° de março até a manhã desta segunda-feira choveu 710mm. No entanto, o esperado para o mês era aproximadamente 300 mm.

Até o último sábado (14), 50 pessoas estavam abrigadas na Prefeitura. Segundo a Defesa Civil, ainda não foram atualizados os novos números de desabrigados. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *