‘Ciclone bomba’ pode causar estragos no Sudeste do país nesta quarta-feira (1º)

Nesta quarta-feira (1º), as cidades Rio de Janeiro e São Paulo, correm o risco de sofrer fortes rajadas de vento, por conta do Ciclone bomba, essa ventania causou destruição e mortes no Sul do país na última terça-feira (30), e durante a madrugada desta quarta-feira no RJ e SP, a forte ventania fez estragos derrubando diversas árvores.


O Ciclone bomba são chuvas torrenciais, queda drástica nas temperaturas, ventos de mais de 100 km/h e até neve.


Foi registrado no estado de São Paulo rajadas de vento em torno de 80km/h devido ao ciclone extratropical. A frente fria chegou no estado na noite da última terça-feira e duas lanchas e sete barcos afundaram em Peruíbe, no litoral.


O meteorologista da Climatempo, César Soares, fala um pouco sobre o possível episódio “Como nós estamos sob o efeito da borda desse ciclone, também temos condições favoráveis para ventos fortes. O estado de São Paulo pode ter rajadas em torno dos 80 km por hora nesta quarta-feira”.

Segundo o Centro de Operações Rio, no Rio de Janeiro, a previsão é de ventos de até 76 km/h na capital e ressaca com ondas que devem atingir os 3,5 metros.


A previsão de ventos em Santa Catarina é de até 100km/h até o fim da tarde. Na manhã desta quarta-feira, cidades do Rio Grande do Sul ainda registravam ventos fortes. Em Santa Vitória do Palmar, na região Sul, nesta madrugada teve rajadas de 116,6 km/h.


Os estados mais afetados do Ciclone bomba na última terça-feira, foi Santa Catarina com rajadas de 120 km/h, no Rio Grande do Sul com 120 km/h e Paraná com 100 km/h. Nesses estados tiveram árvores derrubadas, casas destelhadas, falta de energia e diversas mortes.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *