Primeiro semestre de 2020 tem registro de 28 feminicídios

Dados levantados pelo Departamento de Feminicídio da Secretaria de Segurança Pública, o Maranhão registrou 28 feminicídio no primeiro semestre de 2020. Houve um aumento comparado com o mesmo período do ano de 2019, quando 24 casos foram registrados.

Em junho houveram prisões em flagrante, aumento de números e medidas protetivas de urgência puderam ser vistas, em razão da flexibilidade do isolamento social.

De acordo com Kazumi Tanaka, Coordenadora das Delegacias da Mulher no Maranhão, houve um aumento de violência doméstica e familiar durante a pandemia, o que comprova esse fato é o grande número de buscas por direitos das mulheres e atendimentos especializados por telefone e internet. A delegada ainda afirmou que esses fatores reforçam a subnotificação durante a pandemia, e não uma diminuição efetiva dos casos de violência contra a mulher.

Devido ao isolamento social a mulher tem menor possibilidade de sair do espaço familiar e por isso tem mais convivência com o agressor. A dificuldade financeira e alguns casos de cárcere privado tem gerado a redução do número de registros oficiais.

Fonte: O Imparcial

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *