São Luís amanhece em greve e sem transporte público nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira (21), os rodoviários do transporte público iniciaram uma greve na capital. A categoria que pede um reajuste salarial de 13% , alega que não chegou em um acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte (SET). Os usuários do transporte se encontram nas paradas, amargando uma longa espera, já que nenhum coletivo nas ruas. Alguns passageiros desistiram da espera, procurando outras alternativas para chegar ao seu destino. 

Segundo informações da Prefeitura de São Luís, na quarta-feira (20), uma decisão liminar foi dada pela desembargadora federal do trabalho, Ilka Esdra Silva Araújo. A desembargadora determinou que 90% da frota do transporte público deve circular na capital. A decisão aconteceu após uma previsão de greve dos rodoviários que foi confirmado nesta quinta.

Por meio da nota, a Prefeitura de São Luís informou ainda que disponibilizou fiscais para que a decisão judicial seja cumprida. “ A Prefeitura está com fiscais desde às 4h da manhã para garantir que o percentual mínimo da frota circule na cidade e que vai buscar as medidas necessárias para que a decisão judicial seja cumprida, uma vez que a população de São Luís não pode ser penalizada”, diz a nota.

A prefeitura de São Luís também afirmou que “ por meio da procuradoria Geral do Município, tendo em vista o descumprimento da decisão judicial do Trabalho para que os ônibus voltem a circular na capital. Dentre as medidas requeridas pela  Prefeitura está a determinação de que o serviço seja prestado em sua totalidade, com 100% da frota em todas as linhas e horários, com imediato restabelecimento do serviço”.

Ao g1, a prefeitura esclareceu que é responsável apenas pelo o transporte coletivo urbano. O governo do Maranhão foi procurado para um esclarecimento sobre o transporte semiurbano, mas não se pronunciou sobre o assunto até a última atualização dessa reportagem.

fonte: g1 MA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *