Especialistas apontam que desobrigação do uso de máscara é viável no Maranhão

Nesta terça-feira (2) os números de leitos no hospital caíram para 50, diminuindo assim as chances de aumento de casos de Covid-19. Para se ter uma ideia, em 28 de setembro, eram 120 leitos de UTI na grande ilha. Isso ocorre porque menos pessoas estão apresentando casos graves da doença. Em relação ao número de casos ativos.

Em 28 de setembro, o número era de 26.841. Em 30 dias houve uma considerável redução. O médico epidemiologista, Antônio Augusto Moura, explica que dois fatores influenciam nesses dados.

“Essa queda se deve a dois fatores: primeiro fato é que tivemos uma segunda onda de pandemia muito forte e as pessoas que ficam doentes, desenvolveram uma proteção temporária. Isso junto com a vacinação, cuja cobertura para duas doses se elevou bastante, está fazendo com que transmissão da Covid-19 esteja em níveis de pré epidêmicos, ou seja, bem básicos”, disse o médico Antônio Augusto Moura.

O número de casos ativos da doença é um dos mais baixos registrados desde o começo da pandemia, de acordo com dados da Secretaria do Estado da Saúde (SES). No maranhão, 9.018 ainda estão com doença ativa. Dessas, 49 estão internadas em leitos de UTI.

O avanço da vacinação tem influenciado na redução dos casos. Segundo a prefeitura de São Luís, na capital mais de 1 milhão e 500 mil pessoas já foram vacinadas com as duas doses. Cerca de 66 mil pessoas já foram vacinadas com a dose de reforço. A taxa de vacinação é de 90,51%. A médica infectologista, Maria dos Remédios Branco, diz que com esses dados já dá para pensar em uma flexibilidade de algumas medidas.

“Pode ser feita a flexibilidade de algumas medidas restritivas, como por exemplo, o uso de máscara em locais abertos. Outra medida que poderia ser adotada é a exigência do comprovante de vacinação para que as pessoas pudessem adentrar locais fechados”, disse a médica Maria dos Remédios Branco.

Fonte: g1 Ma

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *