Governo confirma circulação local da variante Delta e nega registros da Ômicron no Maranhão

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) afirmou nesta segunda-feira (6) que a variante Delta já é considerada uma variante do coronavírus de circulação local no Maranhão, ou seja, que já tem vários casos e o governo ainda tenta rastrear as pessoas que tiveram contato o vírus.

Até então, a variante Delta (encontrada inicialmente na Índia) tinha registros pontuais no estado, como do tripulante filipino que testou positivo para a variante e chegou a ser internado em um hospital particular de São Luís.

Em relação a variante Ômicron, o governo segue afirmando que, até o momento, não há registro de casos suspeitos ou confirmados da nova variante no Maranhão, apesar do Brasil já ter registros da Ômicron.

A Nova Variante

Chamada de Variante Ômicron (B.1.1.529) preocupa pois tem 50 mutações — algo nunca visto antes —, sendo mais de 30 na proteína S (spike) – a “chave” que o vírus usa para entrar nas células e que é o alvo da maioria das vacinas contra a Covid-19. A confirmação de variantes ocorre por meio de sequenciamento genético.

Para evitar o contágio, é recomendável usar máscara, higienizar as mãos (com água e sabão ou álcool em gel), além da vacinação contra Covid-19.

Fonte: g1 Ma

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *