Audiência de conciliação pode encerrar greve de professores nesta quarta

Está marcada para esta quarta-feira (20), uma audiência de conciliação no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) entre a Prefeitura de São Luís e o Sindicato dos Profissionais do Magistério da Rede Municipal de São Luís (Sindeducação).

Mesmo contra a decisão do Tribunal de Justiça (TJ) , assinada pela desembargadora Maria Francisca Galiza, os professores da rede municipal declararam greve geral desde segunda-feira (18). Após rejeição da proposta da Prefeitura de reajuste salarial de 5%, a categoria exige atualização do piso nacional de 33,24% para docentes do nível médio, e a repercussão em toda tabela salarial do magistério, com 36,56% de reajuste para todos os professores com nível superior.

A secretária municipal de Educação, Caroline Salgado, diz que o município já garantiu o cumprimento do piso dos profissionais e que o Projeto de Lei foi enviado à Câmara Municipal em março. Caroline Salgado explicou que quem reivindica o reajuste são os profissionais que já recebem acima do piso salarial.

“Os demais profissionais, que recebem acima do piso, foi ofertado um percentual de 5%. O sindicato não quis apresentar uma contra proposta e, na última reunião, o prefeito se comprometeu a apresentar uma nova proposta, fazendo novos cálculos, novos estudos que serão apresentados amanhã aos professores (…) sempre ressaltando que ofereceremos sim a eles um reajuste que caiba no orçamento da Prefeitura”, explicou a secretária.

Segundo a secretária, uma nova proposta será apresentada ao sindicato na reunião de hoje.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.