Aumenta o número de atendimentos a síndromes gripais em São Luís

Há um aumento nos últimos meses na procura por atendimento médico devido às síndromes gripais em crianças. Os casos já totalizam 32% dos atendimentos feitos de janeiro a março em 2022 na rede pública municipal em São Luís.

A alta foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), que informou ainda que esses atendimentos são feitos pelo Hospital da Criança (HC), que recebe tanto crianças da capital como do interior do Estado. Além de casos de síndromes gripais, também são tratada as doenças do trato respiratório, como as pneumonias e bronquilites.

Especificamente para o atendimentos das síndromes gripais, foram abertos duas enfermarias no Hospital da Criança na capital, com 27 leitos de internação. O mesmo também possui ainda 15 leitos de Unidades de Tratamento Intensivo, as UTIs. A média de permanência de internação das crianças com quadro de síndromes gripais ou doenças respiratórias é de até 12 dias.

”Entre as ações que visam a melhoria dos atendimentos, a SEMUS informa que tem aumentado o número de médicos e equipes nos plantões, disponibilizando mais respiradores mecânicos e monitores multiparamétricos para o hospital, além da adequação de alas para aumentar a capacidade de receber pacientes mais graves”, afirma a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.