Caixa libera consulta ao saque extraordinário do FGTS

A Caixa Econômica Federal liberou nesta sexta-feira (8), a consulta ao saque extraordinário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O valor de até R$ 1 mil por trabalhador poderá ser sacado a partir do dia 20 de abril, seguindo um calendário próprio de acordo com o mês de nascimento do trabalhador.

A consulta pode ser feita no aplicativo FGTS, nas agências e no site fgts.caixa.gov.br, informando o NIS (PIS/Pasep). O trabalhador poderá saber qual valor terá direito de sacar, consultar a data de crédito na Conta Poupança Social Digital, informar que não quer receber o crédito do valor, solicitar o retorno do dinheiro creditado para a conta FGTS, além de, fazer alterações no cadastro para criação da conta popança.

Em geral, esse dinheiro só poderia ser sacado em situações específicas, como em casos de demissão sem justa causa, compra da casa própria ou na aposentadoria. Mas, no último mês, o governo publicou Medidas Provisórias liberando o saque extraordinário como medida para impulsionar a economia.

O pagamento iniciará no dia 20 de abril, para nascidos em janeiro, e vai até 15 de junho, para nascidos em dezembro. A retirada ainda ficará disponível até o dia 15 de dezembro, quando os valores voltam automaticamente para a conta caso não seja realizada nenhuma movimentação. Cerca de R$ 30 bilhões serão liberados para aproximadamente 42 milhões de pessoas com direito ao saque.

O dinheiro será disponibilizado na conta digital Caixa Tem, podendo ser transferido posteriormente para uma conta corrente por meio do celular. Utilizando o cartão de débito virtual, pode ser feito compras, pagamentos de contas e boletos, em sites, aplicativos ou lojas. Também será possível realizar compra em farmácias, supermercados e estabelecimentos, pagando com o QR Code nas maquinas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.