Câmara dos Deputados aprova projeto de piso salarial no valor de R$ 4.750 para profissionais da enfermagem

A Câmara dos Deputados aprovou na última quarta-feira (04), o projeto de lei que prevê a criação do piso salarial no valor de R$ 4.750 para profissionais da enfermagem. Mas, mesmo com a aprovação de deputados federais e senadores, a proposta pode não ser aprovada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Segundo a relatora da proposta, deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC), o texto ainda não será enviado ao Planalto. Isso porque projetos que tratam de pagamentos precisam explicar a fonte exata de onde o dinheiro vai sair para chegar a quem precisa recebê-lo. Como durante a votação não ouve alteração na redação em relação as fontes que bancarão o pagamento, os parlamentos irão discutir quais recursos vão viabilizar o piso.

Além dos enfermeiros, os técnicos e auxiliares de enfermagem terão o piso salarial corrigido, outra categoria que também será beneficiada é a de parteiras. Caso o projeto seja sancionado da forma como foi aprovado, os técnicos de enfermagem receberão R$ 3.325 e os auxiliares de enfermagem e parteiras R$ 2.375.

Profissionais que recebem acima desses valores não devem ter seus salários modificados, independente da jornada de trabalho para qual tenham sido contratados. A proposta ainda impõe que os valores sejam corrigidos anualmente com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.