Hipnose no Enem: ele garante que técnica pode dobrar desempenho na prova

Em uma sala, com dezenas de desconhecidos, o estudante coloca à prova – em poucas horas – anos de estudo e dedicação. É o que acontecerá no próximo domingo com mais de seis milhões de brasileiros, que deverão fazer a segunda fase do Enem, o Exame Nacional do Ensino Médio, usado como processo seletivo para dezenas de universidades públicas e privadas.

Além da dificuldade da prova, muitos estudantes enfrentam a tensão e a dificuldade de controlar seus nervos durante o teste. Mas, para alguns, a solução para o mal-estar e a chance de turbinar o desempenho podem estar, literalmente, num estalar de dedos.

É issoD o que promete Pyong Lee, youtuber brasileiro que faz sucesso nas redes sociais com técnicas de hipnose. Em vídeos em seu canal, assinado por 4,1 milhões de seguidores, ele garante que o estudante pode fazer sumir todos ao seu redor, silenciar o ambiente e, assim, se concentrar de forma plena em seu teste.

Para provar que a solução funciona, Lee já hipnotizou famosos como o cantor Mr. Catra e o apresentador Celso Portiolli. Ele diz que as sessões são capazes de acalmar, reduzir a ansiedade e aumentar significativamente a concentração dos candidatos a ponto de dobrar a quantidade de acertos em exames.

O youtuber diz que há diversas técnicas de hipnose.

“O terapeuta vai induzir a pessoa ao estado de relaxamento durante as sessões – o que a gente chama de transe hipnótico. Isso o faz transitar entre diferentes estados emocionais e de relaxamento. Nesse momento, ele ativa o gatilho – o disparador desse transe – e, a partir disso, o paciente poderá ativar o transe em qualquer lugar”, diz Pyong Lee.

“E não precisa ser num ambiente silencioso. Pode ser até numa balada, ainda assim a pessoa ficará concentrada”, diz ele.

Uma das técnicas permite que o paciente em transe se visualize no momento da prova, como se ele tivesse na sala de testes semanas antes de visitá-la. A intenção é fazer com que na hora do exame a pessoa se sinta familiarizada com o ambiente e fique mais calma. A mesma estratégia é usada para quem tem medo de avião ou sofre de fobias sociais, como temor de apresentações em público.

Lee diz que uma simples sessão de hipnose pode permitir que o estudante ative o gatilho.

Funciona ou não?

De acordo com Moraes, há pelo menos 700 estudos científicos que atestam – em algum grau – a eficácia da técnica. Ele diz que exames de ressonância magnética e PET scam feitos com pessoas em transe comprovam sua eficácia.

“A hipnose permite que você tenha acesso profundo a algumas áreas do cérebro que controlam as emoções e dores. Isso faz com que a região do córtex cingulado anterior – responsável pelas atividades críticas e autoavaliativas – diminua sua intensidade de ação. Desta forma, o paciente consegue se concentrar em objetivos que exigem grande concentração, como atividades esportivas, entrevistas de emprego, discursos em público e provas”, explica.

Ele conta que não há nenhuma contraindicação para a prática da hipnose – mas diz que esquizofrênicos e pessoas com deficiência mental não conseguem entrar em transe.

As dicas de Perry são convencionais: ele recomenda apenas que o candidato faça exercícios leves na véspera da prova, como caminhadas, tenha uma alimentação saudável e descanse bastante. Ele ainda indica assistir a filmes e se encontrar com familiares e amigos.

Caso a ansiedade persista, Perry indica que o candidato leia as apostilas e cadernos usados para estudar ao longo do ano. “Mas a gente não recomenda que ele tente responder questões porque ele pode se deparar com alguma que não sabe e isso vai aumentar sua ansiedade ainda mais”, afirma.

Para Lee, no entanto, a hipnose pode sim melhorar a vida de quem é testado.

“O candidato pode ativar esse gatilho pouco antes da prova. Funciona como o botão de uma máquina. Não é mágica nem milagre, mas apenas uma ferramenta da ciência para extrair o máximo que o candidato conseguiu aprender. É claro que se ele não estudar e não tiver o conhecimento, não vai ter o que aplicar”, diz.

Amigo de Lee, o hipnólogo Rafael Baltresca também tem um canal no YouTube com 435 mil seguidores. Um de seus vídeos mais vistos é de técnicas de hipnose para se concentrar nos estudos.

Nos comentários, seus seguidores dizem que fizeram a técnica proposta e deu certo. “Muito obrigada, eu estava precisando me concentrar ainda mais nos estudos. Quando você falou em pensar sobre o futuro, chorei, pois me consegui ver num lugar que eu era incapaz de ver. Me senti orgulhosa por ter conseguido realizar meus sonhos”, disse uma delas.

Fonte: BBC

 

Anúncios

Equipe AtéHoje!

Graduado e pós-graduado em Gestão Pública; Graduando em Jornalismo; Pós-graduando em Assessoria e Gestão da Comunicação.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: