Amaury consegue asfalto e Jadilson quer levar o mérito; veja documentos!

O prefeito de Mirinzal, Jadilson Coelho, quer mais uma vez ‘gozar de prazer com o esforço alheio’. Dessa vez, a mentira que está sendo veiculada é que ele teria conseguido o asfalto para a Av. Coronel Joaquim Araújo, a que seria a principal avenida da cidade.

propaganda falsa
Por meio de blogs, prefeito divulga a mentira de que ele estaria realizando sonho do povo daquela cidade

O convênio

A obra de pavimentação asfáltica que agora será desenvolvida em Mirinzal foi fruto de uma emenda parlamentar do então deputado federal Sarney Filho (PV), em apoio ao prefeito Amaury Almeida e ao povo mirinzalense.

Essa é uma das obras que o ex-prefeito Amaury  começou desenvolver ainda durante sua gestão. Ele assinou o convênio com o Ministério das Cidades e o contrato de repasse com a Caixa Econômica Federal em 30 de dezembro de 2015, conforme documentação abaixo.

Asfalto Mirinzal 03.png

O convênio foi publicado no Portal da Transparência na ala de Convênios por Estado/Município no dia 11 de janeiro de 2016, durante a gestão de Amaury, conforme comprovação na imagem a seguir, para que a verba fosse liberada, a partir de então.

Asfalto Mirinzal 01.png

Acontece que, assim como a escola Euclides Ribeiro, que Amaury também construiu e o Governo do Maranhão segurou o recurso e entregou só ao aliado Jadilson (relembre aqui), a mesma coisa foi feita com a emenda do parlamentar de Sarney Filho (PV), fazendo com que a obra ficasse parada aguardando o recurso cair em conta para desenvolvimento.

Por que Amaury não fez?

Como comprovado na documentação a seguir, o primeiro repasse só foi liberado em 11 de novembro de 2016, últimos dias do penúltimo mês de gestão do ex-prefeito que, assim como os demais recursos, deixou em conta para que o prefeito Jadilson pudesse realizar a obra.

Asfalto Mirinzal 02.png

 

Em entrevista ao Portal AtéHoje, o ex-prefeito Amaury Almeida disse que está “muito feliz que a população mirinzalense tenha recebido o recurso pedido por ele.Por mais que essa seja uma emenda que solicitei enquanto prefeito ao deputado Sarney Filho que prontamente atendeu, e que comecei a obra mesmo sendo privado de continuar depois, já que seguraram o recurso, espero que o prefeito desenvolva a obra, porque quem ganha é a população”, disse ele.

Agora, que o dinheiro caiu, o prefeito cassado Jadilson quer levar o crédito por todo o esforço do ex-prefeito para desenvolver a obra. Essa talvez seja uma estratégia do prefeito interino para que o povo acredite e sinta pena dele, quando for cassado em segunda instância.

IMPORTANTE: a documentação acima pode ser acessada por qualquer pessoa por meio do Portal da Transparência do Governo Federal. Lá, os documentos desmentem a propaganda do prefeito. Para acessar o Portal da Transparência, clique aqui.

 

Robert Willian Valporto

Robert Willian Valporto é graduado em Comunicação Social - Jornalismo; em Gestão Pública; pós-graduado em Assessoria e Gestão da Comunicação; MBA em Gestão Pública; Mestrando em Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *