Entenda tudo sobre a prisão de Brasil, ex-prefeito de Mirinzal

O ex-prefeito de Mirinzal, Ivaldo Almeida Ferreira que é conhecido como Brasil, foi preso na tarde de hoje (16), quando foi prestar depoimento na sede do Procuradoria Geral de Justiça, em São Luís. Brasil saiu de lá para o Instituto Médico Legal (IML) e seguiu para o Centro de Triagem de Pedrinhas.

Brasil não sabia que ia ser preso hoje!

063f1053-4d55-4d59-bcac-cfb811098255.jpg
Brasil foi prefeito de Mirinzal dos anos de 2005 a 2012 e, atualmente, era secretário da Infraestrutura do prefeito Jadilson Coelho.

Ele foi à sede do Ministério Público do Maranhão (MPMA), acompanhado de sua família e de quatro advogados, com o intuito de dar justificativas à justiça, após uma operação do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) fazer buscas de documentos na sua casa, em Mirinzal.

O ex-prefeito é associado a crimes de desvio de verbas públicas e envolvimento com agiotagem. Durante a apuração da morte do jornalista Décio Sá, várias autorizações de saque (cheques avulsos) da conta-corrente da Prefeitura Municipal de Mirinzal assinados pelo então prefeito Ivaldo Ferreira (gestão de 2009 a 2012) foram encontradas em escritórios de agiotas.

Na casa do ex-prefeito foram apreendidos documentos, cheques, anotações, cadernos, computadores, pen drives, HDs e outros objetos que possam servir de prova de desvio de verbas públicas e ajudar na elucidação dos fatos. Segundo o MPMA, todo o material ainda está sob análise.

Portal AtéHoje esteve na sede do MPMA e tentou conversar com familiares do ex-prefeito enquanto ele prestava depoimento, mas eles não quiseram falar.

Robert Willian Valporto

Robert W. Valporto é graduado em Comunicação Social - Jornalismo e em Gestão Pública; pós-graduado em Gestão Pública; e pós-graduado em Assessoria e Gestão da Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *