Vice-prefeito de Porto Rico é denunciado por violência doméstica

O vice-prefeito do município de Porto Rico, José João Fonseca Louzeiro, foi denunciado por violência doméstica por parte de sua madrasta, Lucilene Oliveira, que solicitou Medida Protetiva de Urgência à justiça por conta de ameaças que vinha sofrendo do seu enteado.

15826567_1165930593515206_4587800743691514610_n
João Louzeiro, como é conhecido, foi eleito vice-prefeito nas eleições do ano passado.

Segundo os autos do processo, com o falecimento do seu pai e a divisão de bens ter favorecido em alguns fatores sua madrasta, que era companheira de seu pai por muitos anos, João Louzeiro teria começado a entrar em um comércio de Lucilene e pegar gêneros alimentícios sem autorização e pagamento.

Além disso, João teria feito várias ameaças com constância a Lucilene, além de lhe agredir verbalmente e de violentar psicologicamente ela, tornando insuportável, segundo os autos, que continuassem em convivência. Lucilene já estava a temer por sua segurança física e moral.

Assim, a juíza Márcia Daleth Gonçalves Garcez, juíza de Direito da Comarca de Cedral, entendeu que Lucilene estava sendo vítima de séria violência doméstica e aplicou as seguintes medidas protetivas que farão com que João fique afastado do lar, domicílio ou local de convivência de Lucilene.

Além disso, ele também está proibido de determinadas condutas, entre as quais: aproximar-se dela, de seus familiares e testemunhas, cujo limite mínimo de distância fixo em 300 (trezentos) metros; e não pode ter contato com a ela, seus familiares e testemunhas, por qualquer meio de comunicação.

Anúncios

Equipe AtéHoje!

Robert Willian Valporto, editor-chefe do Portal AtéHoje, é especialista em Gestão Pública e Assessoria e Gestão da Comunicação; e Graduando em Comunicação Social – Jornalismo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: