“As irregularidades na Educação foram quanto Jadilson era secretário”, diz Isaias Ribeiro; veja nota!

Após o prefeito cassado de Mirinzal, Jadilson Coelho, publicar nota culpando erros na anterior gestão como responsáveis pelo atraso e até não pagamento em dia dos próximos salários de profissionais da educação do município, o ex-secretário da Educação de Mirinzal, Isaias Ribeiro, enviou nota à redação do Portal AtéHoje desmentindo o prefeito.

Isaias considerou como “informações distorcidas” o que Jadilson publicada em suas redes sociais e explicou detalhadamente como os fatos ocorreram em sua gestão à frente da Educação municipal.

Ele disse ainda que as irregularidades na Educação município se deram quando o atual prefeito, Jadilson Coelho, era secretário de Educação no ano de 2011.

Veja, abaixo, a íntegra da nota do ex-secretário:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Venho, através desta, responder a informações distorcidas publicadas pelo atual prefeito de Mirinzal, Jadilson Coelho, quanto ao Censo Escolar de 2016 ter sido, segundo ele, a razão de problemas pelos quais não efetuará o pagamento dos servidores públicos municipais da educação ordeiramente.

Preciso esclarecer ao atual prefeito e à comunidade mirinzalense que o Censo Escolar em 2016 foi devidamente informado no sistema do Ministério da Educação (MEC). O que não foi informado, porque não podia, foram os mais de 200 alunos que estudaram no contra turno pelo Programa Mais Educação/FNDE, que funcionou até 2016, beneficiando nossas escolas com 7 Bandas Escolares, projetos que levaram a informática, esporte, hortas, reforço escolar e mais outros para dentro daquelas escolas. Todo esse trabalho muito ajudou o município na elevação do Indice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB.

No entanto o PDDE , recursos para as escolas que foram regularmente repassados durante os 4 anos anteriores, mediante representação no Ministério Público, estão atualmente bloqueados por motivo de inadimplência da gestão de 2011, na qual o atual prefeito Jadilson era secretário Municipal de Educação.

Deve ser por essa razão que o orçamento do FUNDEB esteja sendo drasticamente afetado nos dias atuais, comprometendo até mesmo o calendário escolar.

Reforço que todo o nosso trabalho à frente da Educação de Mirinzal foi regionalmente e até estadualmente reconhecido, diga-se de passagem. O compromisso da gestão do prefeito Amaury foi observado de muitas formas, inclusive, com pagamento em dia dos salários de todos, repito, todos os servidores durante os 4 anos de gestão.

Tenho, inclusive, colaborado na orientação da atual gestão para assegurar o Projeto Escola Maranhão Musical, que será entregue pelo governo do Estado ainda este ano, se o município cumprir com sua obrigação.

Atenciosamente
Prof. Isaías Ribeiro – Ex-secretário Municipal de Educação

Anúncios

Equipe AtéHoje!

Robert Willian Valporto, editor-chefe do Portal AtéHoje, é especialista em Gestão Pública e Assessoria e Gestão da Comunicação; e Graduando em Comunicação Social – Jornalismo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: