Mirinzal: sem ambulância, acidentado é transportado em carro aberto

A imagem acima foi publicada nas redes sociais na noite de ontem, 06, que mostram um grande descaso com a saúde de Mirinzal. Após ser vítima de um acidente, um jovem identificado como Patrick Spanic, de 18 anos, foi transportado na carroceria de uma caminhonete até a Santa Casa de Cururupu.

O caso causou grande comoção e revolta nas redes sociais tendo em vista o modo como o jovem foi tratado. Patrick é envolvido com projetos de juventude na igreja católica e, por essa razão, muitos de seus companheiros prestaram homenagens e votos de saúde a ele na internet, bem como de revolta com o caso.

Essa não é a primeira vez que a falta de ambulância prejudica o atendimento de pacientes que tanto precisam desse veículo equipado tanto para o transporte até o hospital de Mirinzal, como para Cururupu. Veja outros casos aqui e aqui.

Desta vez, num caso que chamou ainda mais atenção, o paciente precisou ser transportado sem nenhum tipo de proteção até o município que fica a 36 km de Mirinzal, tornando ainda mais arriscada aquela viagem.

Existem três veículos de ambulâncias que estão à disposição da Prefeitura de Mirinzal que carecem apenas de manutenção para estarem, também, à disposição da população. Mesmo assim, essa falta de manutenção e de atenção com o povo faz com que os veículos continuem sem funcionar.

Saúde premiada

Muitos casos de desrespeito ao cidadão por parte da pasta da Saúde de Mirinzal foram registrados que, diga-se de passagem, é a pasta do prefeito Jadilson mais comprometida somente neste ano.

Foram vários os casos de denúncias contra aquela pasta que vão desde o nepotismo, quando o prefeito contratou familiares para assumir cargos importantes (reveja), ao tratamento despreparado a muitos pacientes que tanto precisaram (relembre).

Mesmo assim, ironicamente, o secretário de Saúde do município, Rubem Neto, conseguiu a proeza de ser premiado com o reconhecimento de ”melhor saúde da região”, superando outros municípios do litoral ocidental.

Se essa foi a melhor, não seria um desrespeito com os demais municípios? Ou realmente estão pior que isso? Veremos…

O Portal AtéHoje deixa, aqui, os votos de saúde e recuperação a Patrick Spanic e seus familiares, em mais um caso que revoltou a população mirinzalense.

Anúncios

Equipe AtéHoje!

Robert Willian Valporto, editor-chefe do Portal AtéHoje, é especialista em Gestão Pública e Assessoria e Gestão da Comunicação; e Graduando em Comunicação Social – Jornalismo.

Um comentário em “Mirinzal: sem ambulância, acidentado é transportado em carro aberto

  • 8 de dezembro de 2017 em 08:50
    Permalink

    Infelizmente isso é uma triste realidade das cidades do interior maranhense, aqui em Cedral não é tão diferente assim, já estamos fechando o ano e a ambulância do município que passou não sei quantos meses no conserto mais uma vez não está à disposição da população aonde os mesmos estão sendo transportados em carros de passeio, sem condições dignas para transportar pacientes acamados, infelizmente essa é a realidade!!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: