Segundo ano de cabide de empregos na Prefeitura de Porto Rico

Mais um ano iniciou e a prefeita de Porto Rico, Tatyana Mendes (PCdoB) não realizou nenhuma sorte de seletivo ou concurso público para contratação de profissionais que atuarão no ano como funcionários da administração pública municipal.

Sem realizar esses certames legais, a prefeita está se sentido livre para contratações “adoidado” de quem estiver querendo e quem ela achar que deve, fazendo uma sorte de cabide de empregos para aliados, no intuito de tentar das a volta por cima.

Volta por cima do primeiro ano de má administração, considerado crítico para os moradores daquela cidade. Uma série de fatores que aconteceram no ano passado, passando por atraso salarial até desordem na gestão, sujaram a imagem da prefeita.

Assim sendo, resta à prefeita comunista usar os empregos para tentar convencer a população que essa está sendo uma boa gestão, já que até aliados utilizaram recentemente as redes sociais para criticar pastas da administração, sobretudo a saúde (relembre).

Até o momento, o Ministério Público responsável pela cidade ainda não se posicionou no sentido de exigir ordem e imparcialidade naquele município, o que está revoltando alguns moradores, já que em cidades vizinhas a situação é outra.

Ah, safra de prefeitos!

Anúncios

Robert Willian Valporto

Robert Willian Valporto, editor-chefe do Portal AtéHoje, é pós-graduado em Gestão Pública; pós-graduado em Assessoria e Gestão da Comunicação; e Graduando em Comunicação Social - Jornalismo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: