Coronel que atuou para investigar adversários de Flávio Dino é vinculado ao PCdoB

Heron Santos – apontado em depoimento de policiais como autor de pressão para que fossem feitos registros de oposicionistas no interior – tem ligações com a família do deputado federal Rubens Pereira Júnior

Heron Santos posa com Jefferson Portela e outros coronéis promovidos no início do governo Flávio Dino

Embora o governador Flávio Dino e o seu secretário de Segurança, Jefferson Portela (ambos do PCdoB) tenham e apressado em negar a existência de um “coordenador das eleições 2018” no âmbito da Polícia Militar, este personagem pode já ter sido revelado nos depoimentos da própria sindicância que investiga o escândalo da espionagem na PM.

Documentos revelados nesta quinta-feira, 26, pela TV Mirante mostra que o coronel Heron Santos atuou para que policiais catalogassem adversários de Flávio Dino no interior.

Heron Santos é coronel PM promovido em uma das primeiras levas de promoção do governador Flávio Dino, ainda em 2015.

Ligado diretamente à família do deputado federal Rubens Pereira Júnior (PCdoB), ele disputou as eleições de 2014 como candidato a deputado estadual pelo próprio PCdoB de Flávio Dino.

Os documentos hoje revelados pela Mirante mostram que os agentes do governo Flávio Dino confundiram, de fato, a estrutura do seu partido, o PCdoB, com a estrutura da Polícia Militar do Maranhão.

E transformaram, de fato, a PM em uma polícia política.

Mão há mais o que negar…

Via Marco Aurélio D’Éça

Anúncios

Robert Willian Valporto

Robert Willian Valporto, editor-chefe do Portal AtéHoje, é pós-graduado em Gestão Pública; pós-graduado em Assessoria e Gestão da Comunicação; e Graduando em Comunicação Social - Jornalismo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: