ABSURDO! Jadilson quer receber R$ 300,00 toda vez que for ao Gurutil ou Central!

Achou o título um absurdo? Pois é exatamente isso que está propondo o prefeito de Mirinzal, Jadilson Coelho, à Câmara Municipal dos Vereadores. Fora encaminhado um projeto de lei que concede diárias a determinados servidores em casos de ida, em nome da Prefeitura, a interiores do próprio município. Entenda…

Os valores de diárias concedidas ao prefeito e vice-prefeito são de:

  • R$ 300,00 – se visitarem povoados como Gurutil, ou município vizinho como Central
  • R$ 900,00 – por dia se for à São Luís, capital do Estado
  • R$ 1.200,00 – por dia se for para fora do Estado, a Brasília, por exemplo.

Agora imaginem só: se Jadilson ou Derson forem cada dia em um interior (Gurutil, Deserto, Porto do Nascimento, etc.) ou cidade vizinha (Central, Cedral, Guimarães, etc.) resolver algo específico em nome da Prefeitura de Mirinzal, durante 30 dias o município terá pago R$ 9.000,00 (nove mil reais) para cada um, se forem os dois.

Imaginem uma segunda situação: o prefeito passará 5 dias em São Luís, capital do Estado, para resolver assuntos referentes ao município. Para isso, a Prefeitura de Mirinzal terá que pagar para ele R$ 4.500,00 (quatro mil e quinhentos reais) pelos cinco dias, só em diárias.

Não bastasse o aumento proposto pelo vice-prefeito, Derson, quando ainda era vereador mas já eleito vice-prefeito para 2017, agora as diárias propostas para o município pagar são ainda mais absurdas. Ainda estão inclusos para concessão de diárias aos Secretários Municipais, Procurador Geral, Advogado, Controlador Geral, Chefe de Gabinete, Contador, Engenheiro e demais servidores.

Pergunta: Por que Gurutil e outros povoados que fazem parte de Mirinzal?
Resposta: O Art. 1 diz: Ao servidor público municipal em viagem no interesse do município, SEJA EM TERRITÓRIO DO PRÓPRIO MUNICÍPIO (Gurutil, Frechal, Deserto) ou fora dele, será devido pagamento de diária (…).

Veja, abaixo, a proposta de lei encaminhada à Câmara de Vereadores pelo Gabinete do prefeito Jadilson:

Robert Willian Valporto

Robert Willian Valporto é graduado em Comunicação Social - Jornalismo; em Gestão Pública; pós-graduado em Assessoria e Gestão da Comunicação; MBA em Gestão Pública; Mestrando em Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *