Pérolas do Maranhão: o trágico caso de Isabela Nardoni pela toada de Carimbó, de Mirinzal

Por todo o Maranhão muitos dons podem ser vistos e conhecidos. Basta andar um pouco nesse estado de dimensões terrestres maiores que a de muitos países para que se conheça muitas histórias contadas a partir do olhar do povo maranhense.

Portal AtéHoje começa a contar histórias como essas, com o talento de um morador da cidade de Mirinzal, popularmente conhecido como Carimbó. Com uma toada, ele conta o sentimento de receber a notícia da morte da menina Isabela Nardoni. na noite do dia 29 de março de 2008.

Relembre o caso

Isabella de Oliveira Nardoni, de cinco anos de idade, foi jogada do sexto andar do Edifício London, no distrito da Vila Guilherme, em São Paulo, na noite do dia 29 de março de 2008. O caso gerou grande repercussão no Brasil e Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, respectivamente pai e madrasta da criança, condenados por homicídio doloso qualificado e cumprem pena de 31 anos, 1 mês e 10 dias, no caso dele, com agravantes pelo fato de Isabella ser sua descendente, e 26 anos e 8 meses de reclusão no caso de Anna Jatobá, ficando caracterizado como crime hediondo.

Agora, com vocês, o dia em que Carimbó soube dessa notícia:

Anúncios

Robert Willian Valporto

Robert Willian Valporto, editor-chefe do Portal AtéHoje, é pós-graduado em Gestão Pública; pós-graduado em Assessoria e Gestão da Comunicação; e Graduando em Comunicação Social - Jornalismo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: