De quem é esse jegue?

Essa é a pergunta que tem se feito a população de Mirinzal diante da quantidade alarmante de animais que circulam tranquilamente pelas ruas de Mirinzal, muita das vezes causando risco aos motoristas e motociclistas que trafegam pelas ruas da cidade. A situação tem preocupado muita gente.

Vários foram os registros enviados ao blog apresentando a situação. Em dois deles o que nos chama atenção é o fato dos motoristas e motociclistas tendo dificuldade em trafegar por conta de dois e jumentos que andam, em quantidade, pelas ruas.

“Quase eu caí um dia desses da minha moto”, começou nos dizendo Rafael, de 25 anos. “Esses animais circulam com frequência pela cidade sem nenhum tipo de fiscalização que impeça isso. Irresponsável tanto quem deixa seus animais na rua quanto quem não fiscaliza”, completou.

Outra fonte nos revelou que “por várias vezes já encontrei na rua boi, jumento, etc.. Nessas horas não aparece o dono, mas, se acontecer qualquer coisa com o animal, o dono ainda vem cheio de razão tirar satisfação com quem causou”, completou.

Que os donos de animais e o poder publico municipal se sensibilizem e tomem providências para evitar danos a ambas as partes [os trafegantes e os donos dos animais].

Robert Willian Valporto

Robert Willian Valporto é graduado em Comunicação Social - Jornalismo; em Gestão Pública; pós-graduado em Assessoria e Gestão da Comunicação; MBA em Gestão Pública; Mestrando em Comunicação.

Um comentário em “De quem é esse jegue?

  • fevereiro 3, 2017 em 1:01 pm
    Permalink

    Sobre os animais nas ruas a população temmttoda razão, tem que reclamar mesmo, na gestão passada passaram dois anos pra resolver esse problema é realmente resolveram, só que após o resultado da eleição, tudo foi abandonado inclusive o recolhimento de animais, o governo atual já está tomando as providências necessárias, arrumando um local decente e logo os animais sumirão das ruas trazendo segurança a população.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *