Urubu que dá em Mirinzal, dá em Porto Rico; veja outros problemas!

Não novidade que em Mirinzal o mercado municipal voltou a contar com a “luxuosa” presença de urubus que ficam próximos às pessoas que vão comprar sua comida. Pois bem, no município de Porto Rico do Maranhão, a urubuzada também se faz presente, só que no alto índice de lixo que fica à espera demorada do transporte que faz a coleta do lixo na cidade.

38d1f573-2a64-401a-b678-788ee0ad53b7.jpg

Sobre o lixo, o município de Porto Rico tem passado por sérias dificuldades na coleta do mesmo, que vai acumulando deixando a cidade suja e fedorenta. A população já se juntou algumas vezes para fazer a limpeza da cidade, de maneira voluntária, para evitar esse péssimo cartão de visitas – já foi tema aqui no blog.

Isso nos leva a outro assunto…

A caçamba que faz a coleta de lixo foi rebocada recentemente por um trator da Prefeitura Municipal. Segundo informações, o veículo teria quebrado e a coleta de lixo da cidade estaria comprometida por conta desse problema dado no veículo, ainda não solucionado.

f0dff569-c789-4d09-b668-356c332373bb.jpg
Trator utilizado para reboque pertence à Prefeitura de PR

Agora, vejam só!

O nosso blog conseguiu apurar que o caminhão que faz a coleta de lixo da cidade de Porto Rico, pertence a uma empresa que potencialmente esteja prestando o serviço terceirizado. Os documentos da caçamba de cor branca, a mesma da foto acima, comprovam que ela é usada pra ser alugada.

Ainda é possível notar que pertence a uma empresa chamada Minha Região Construção, Transporte, Promoção e Entretenimento Ltda, que é pertencente ao proprietário de nome R Pedro Brasil. A empresa fica localizada em Ribeira do Pombal, na Bahia.

23b9ba48-9059-4391-890c-9b1a0639f0de

Agora a dúvida que surge se dá por conta de que no portal da transparência do município de Porto Rico não consta nenhuma licitação feita e vencida por uma pessoa de tão longe. Aliás, não consta nenhuma licitação.

Como, então, uma empresa de tão longe estaria atuando no município pequeno do estado do Maranhão? Ora, não sendo feita licitação, não teria como uma empresa de lá manifestar interesse em atuar na prestação do serviço, a não ser que já houvesse uma conversa antes com os atuais representantes do executivo municipal.

Resumindo: a coleta de lixo da cidade está deficiente. Não houve licitação até o presente momento. Uma misteriosa empresa da Bahia é a responsável pelo serviço, não sabe-se como. Os porto-riquenses estão insatisfeitos!

Robert Willian Valporto

Robert W. Valporto é graduado em Comunicação Social - Jornalismo e em Gestão Pública; pós-graduado em Gestão Pública; e pós-graduado em Assessoria e Gestão da Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *