Febre amarela atinge principalmente zona rural; casos aumentam!

Por Isabella Duarte

A febre amarela, doença transmitida por mosquito, vem se manifestando em larga escala nos últimos tempos, principalmente em áreas rurais. De acordo com dados do Ministério da Saúde, 756 casos foram registrados no Brasil somente neste início de ano.

sintomas-da-febre-amarela-facebook.jpg

O maior número de casos da doença se concentra na região sudeste do Brasil. Minas Gerais ocupa o primeiro lugar com 167 mortes por causa da doença confirmadas, o que caracteriza o maior surto da doença nos últimos anos.

Infecciosa e grave, a febre amarela é causada por um vírus e transmitida por vetores. O vetor se caracteriza por todo ser vivo capaz de transmitir um agente infectante, que nos casos urbanos da febre amarela – o mosquito Aedes Aegypti.

Desde 1942 que o Brasil não registrava casos de febre amarela urbana, portanto, os últimos casos são da silvestre, transmitida pelos mosquitos Sabethes e Haemagogus, com infecções em regiões de matas ou rurais.

Não existe um tratamento específico para a doença mas, em ambos os casos, a vacinação, o cuidado com recipientes que acumulem água e evitar áreas de riscos é de grande importância para a saúde.

Robert Willian Valporto

Robert Willian Valporto é graduado em Comunicação Social - Jornalismo; em Gestão Pública; pós-graduado em Assessoria e Gestão da Comunicação; MBA em Gestão Pública; Mestrando em Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *