Dois mortos, muitos foragidos e clima de insegurança, no Maranhão

Na noite de ontem (21), uma fuga no Complexo Penitenciário de Pedrinhas deixou a população maranhense deveras assustada. Cerca de 32 presos de alta periculosidade estavam à solta. Desses, dois foram mortos em confronto, alguns capturados e outros 24 ainda estão à solta pelas ruas do Maranhão.

O fato aconteceu por volta das 20h, quando bandidos fortemente armados explodiram um dos muros do conhecido “Cadeião” para que os presos pudessem fugir. Houve confronto e muito nervosismo, até por parte dos policiais que estavam de plantão, como pode ser apurado pelo blog do Luís Cardoso, em áudio.

photo-11-640x640.jpg

Ainda segundo informações divulgadas pelo jornalista, uma onda de assaltos foram realizados em São Luís ainda ontem à noite por parte dos bandidos que fugiram do Complexo de Pedrinhas, usando um carro (foto) que teria sido roubado por eles.

IMG_1643.jpg

Sendo assim, o clima de insegurança tomou conta do Maranhão, em especial dos moradores de São Luís, onde boa parte dos foragidos devem estar escondidos e “botando o terror” por onde quer que passem.

De acordo com uma nota do governo para o G1, dois internos morreram durante a troca de tiros com a polícia. Ainda segundo a nota, o caso está sendo investigado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) […] que terá 30 dias para a conclusão do inquérito policial. Enquanto isso…

Robert Willian Valporto

Robert W. Valporto é graduado em Comunicação Social - Jornalismo e em Gestão Pública; pós-graduado em Gestão Pública; e pós-graduado em Assessoria e Gestão da Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *