Sindicato dos Professores entra na justiça contra prefeito de Mirinzal

O não pagamento integral das férias dos professores da rede municipal de ensino, e sem retorno positivo das cobranças dos profissionais da educação, obrigaram o Sindicato dos Professores de Mirinzal a entrar com uma representação na justiça contra o prefeito daquela cidade.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

O caso já causava grande desconforto na cidade e foram feitas até denúncias de que o sindicato estaria inerte diante da falta de esforço para resolver a situação junto à Prefeitura de Mirinzal (reveja).

Agora, a saída foi entrar na justiça para obrigar o prefeito daquela cidade a respeitar o direito dos professores de receber seus vencimentos de forma correta, não pela metade como informara por meio da sua Secretaria de Finanças, que é comandada por sua esposa.

Aguardaremos os próximos capítulos dessa novela. Estamos de olho!

Robert Willian Valporto

Robert W. Valporto é graduado em Comunicação Social - Jornalismo e em Gestão Pública; pós-graduado em Gestão Pública; e pós-graduado em Assessoria e Gestão da Comunicação.

Um comentário em “Sindicato dos Professores entra na justiça contra prefeito de Mirinzal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *