Mirinzal: educação despencando e sobrinhos do prefeito ostentando

Enquanto a educação de Mirinzal apresenta dados de piora sob a administração do atual prefeito da cidade, Jadilson Coelho, seus familiares aproveitam a vida em belos pontos turísticos maranhenses.

Seus sobrinhos, por exemplo, aproveitam para ostentar com quadriciclos em praias e cartões postais do estado, sem parecer se preocupar em presar pelo discurso de que Mirinzal seria uma nova cidade sob suas mãos, usados nas últimas eleições municipais. O fato foi denunciado por populares por meio das redes sociais, que não aceitam o desprezo.

De fato, a cidade mudou. E mudou para pior!

Em matérias anteriores destacamos o drama dos professores e demais profissionais da educação municipal para conseguirem receber o pagamento integral das férias, buscando a justiça para isso, já que o prefeito alegou não ter fundos para honrar os compromissos (relembre aqui e aqui).

Pior ainda foi o prefeito declarar, em uma reunião com a classe, que “não ia roubar para pagá-los”, o que resultou em revolta entre os munícipes, fazendo com que Jadilson tenha se sentido obrigado a se retratar por meio das suas redes sociais (relembre aqui).

Um episódio mais recente do desmando municipal foi o Índice de Desenvolvimento da Educação Basica, o IDEB, do município despencar em relação ao último dado, segundo levantamentos publicados pelo Ministério da Educação (MEC) nos últimos dias (relembre aqui).

Em contramão a tudo isso, a família do prefeito da cidade que deveria ser o exemplo de empenho por uma cidade melhor, ostenta vida boa em contraste aos problemas sociais que a cidade enfrenta.

Diria um grande mirinzalense: “Vai entender!”

Robert Willian Valporto

Robert W. Valporto é graduado em Comunicação Social - Jornalismo e em Gestão Pública; pós-graduado em Gestão Pública; e pós-graduado em Assessoria e Gestão da Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *