Em propaganda, Dino diz que parou perseguição pra ser amigo dos municípios

A fala do governador Flavio Dino, candidato à reeleição, em seu programa eleitoral exibido nos últimos dias não foi bem estudada por seus marqueteiros e ele acaba confessando um dos maiores erros de sua gestão: a perseguição política.

No programa, Dino diz que está trabalhando pela capital e por todas as regiões. As seguintes palavras mostram a grande gafe que o governador cometeu. “Porque acabou o tempo de perseguição politica”, disse o candidato que foi acusado durante todo o seu mandato de perseguir adversários, que suspendeu por conta das eleições.

O erro estratégico midiático ainda continua com as frases seguintes do governador. Para quem diz que ele está derramando dinheiro por meio de gastos com asfaltos nos municípios maranhenses em período eleitoral, Dino parece confirmar essa tese ao dizer que “agora (em período eleitoral) todos os municípios do estado tem um governador amigo”, pontuou.

Se foi erro estratégico ou uma maneira de assumir algumas falhas de seu governo perante os eleitores, Dino confirma a tese de que teve que suspender alguns arrochos para tentar ganhar as eleições no primeiro turno, já que as pesquisas apontam redução da diferença entre ele e seus adversários.

 

Robert Willian Valporto

Robert W. Valporto é graduado em Comunicação Social - Jornalismo e em Gestão Pública; pós-graduado em Gestão Pública; e pós-graduado em Assessoria e Gestão da Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *