Ronaldinho Gaúcho perde espaço no Barcelona por apoiar Bolsonaro

Ronaldinho Gaúcho perdeu espaço de embaixador no Barcelona após anunciar apoio ao candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro. Assim como Rivaldo, ele utilizou suas redes para declarar o voto no candidato, que disputa o segundo turno contra Fernando Haddad (PT). De acordo com o jornal catalão Sport, o Barcelona vê incompatibilidade entre os valores do capitão da reserva e os do clube.

Segundo a publicação, “a homofobia, misoginia e racismo pregado por Jair Bolsonaro em mais de 30 anos de carreira política e reafirmado em sua campanha eleitoral são incompatíveis com o ponto de vista do clube” catalão. O jornal completa que o “Barcelona é um dos clubes que mais tem se posicionado internacionalmente do lado oposto ao de Bolsonaro”.

Ronaldinho Gaúcho era embaixador do clube e representante da equipe em eventos pelo mundo. De acordo com o jornal, o Barcelona não quer se posicionar publicamente em relação à postura do ex-jogador, mas vai diminuir suas participações em eventos institucionais oficiais. Ronaldinho também tem acordo comercial com o time espanhol.

 

Robert Willian Valporto

Robert Willian Valporto é graduado em Comunicação Social - Jornalismo; em Gestão Pública; pós-graduado em Assessoria e Gestão da Comunicação; MBA em Gestão Pública; Mestrando em Comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *