Situação precária dos terminais de integração revolta usuários

Nos terminais de integração de São Luís não faltam buracos, mas sobram reclamações dos usuários. O da Praia Grande e o da Cohama/Vinhais, são os que se encontram em piores condições. Além da falta de reparos necessários, no período chuvoso a situação piora, deixando os usuários revoltados.

Desde julho de 2016, os quatro terminais da capital maranhense (Praia Grande, Cohama, Cohab, Distrito Industrial e São Cristóvão) são administrados pelos consórcios vencedores da licitação do transporte público realizada pela Prefeitura. Mesmo com a mudança administrativa, a situação relatada pelos usuários três anos antes da concessão persiste, prejudicando o embarque e desembarque de passageiros.

Outra questão é a interdição de uma das plataformas no terminal da Praia Grande, que compõem o embarque e desembarque dos passageiros, ela está fechada por conta de uma reforma que ainda não foi iniciada. Assim, os passageiros precisam se deslocar para outra plataforma, causando tumulto. Segundo a administração do local, o município não esclareceu do que se tratava precisamente a obra nem o porquê da interdição, também não foi esclarecido o prazo para a conclusão.

No Terminal Cohama/Vinhais a quantidade de buracos que se estendem ao longo das vias entre uma plataforma e outra são grandes, o que exige cuidado redobrado dos motoristas ao ingressarem no trajeto obrigatório.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *