FIFA anuncia novo formato do Mundial de Clubes; veja o que muda!

Em uma reunião que ocorreu nesta sexta (15) em Miami, na Flórida, a FIFA definiu uma nova formatação para o Mundial de Clubes, que acontece no final de todos os anos. O torneio deve substituir a Copa das Confederações, que não será mais realizada, por ser considerada uma competição com fracasso de público e qualidade técnica.

O que deve mudar

O novo formato do Mundial de clubes deve ser adotado a partir de 2021 e passará a contar com 24 times, sendo realizado de quatro em quatro anos. Dentre os clubes, serão oito europeus (UEFA), seis sul-americanos (CONMEBOL), e os outros dez divididos entre os outros continentes.

“Temos a responsabilidade de tomar decisões, e tomamos a decisão, e nas próximas semanas essas discussões vão dar frutos. Hoje há clubes que representam mais do que uma cidade, um país. Há clubes que são internacionais, têm fãs por todos os lados. Será importante para eles tentar ser campeões mundiais”, declara o presidente da FIFA, Gianni Infantino.

O critério para a classificação de cada um desses times será definido por suas respectivas confederações.

Copa do Mundo com 48 seleções

Mudanças não afetaram somente o formato do Mundial de Clubes, mas também a Copa do Mundo. Após a reunião em Miami, o presidente Gianni Infantino também anunciou que o número de seleções participantes da Copa deve aumentar: de 32 para 48.

A alteração estava prevista para acontecer apenas na edição de 2026, mas, o resultado foi aprovado nesta manhã entre os 36 membros da FIFA e a expectativa é que comece a valer já na próxima edição, que acontece em 2022, no Catar.

Contudo, para sair do papel, a decisão ainda depende de uma reunião, o Congresso da FIFA, que está prevista para o mês de junho, em Paris. Na ocasião, estarão reunidos os 211 países filiados.

“Se formos ampliar, outros países terão que receber jogos. No próximo passo, vamos analisar quais países podem receber mais jogos na Copa de Mundo de 2022. E vamos tomar uma decisão no nosso Congresso, em junho, quando os 211 filiados vão votar”, acrescentou Infantino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *