Câmara realiza audiência para tratar problemas na mobilidade urbana

A Câmara Municipal de São Luís realizou nesta última quarta-feira (20), uma audiência pública reunindo empresários do sistema de transporte coletivo da cidade, trabalhadores, e a comunidade, colocando em pauta o preço das passagens de ônibus e mobilidade urbana.

Durante o debate, o vereador Honorato Fernandes (PT) destacou que, até o presente momento, ninguém referente ao poder executivo havia comparecido na audiência para tratar dessas questões.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Isaías Castelo Branco, falou que não se trata apenas da mobilidade urbana, mas também dos direitos de prestadores de serviço. “Temos que garantir, sim, o direito de ir e vir, mas também temos que garantir o direito à cidadania dos trabalhadores”, declarou Castelo Branco.

Na ocasião, foram destacadas algumas adversidades além do aumento da tarifa, problemas como a falta de segurança e os que dizem respeito ao atraso dos pagamentos.

O vereador Cézar Bombeiro (PSD) condenou a ausência da Prefeitura no debate. “Se a Prefeitura de São Luís e a SMTT se negam a discutir a problemática é lamentável e suscitam suspeitas de irregularidades, que vêm sendo denunciadas e a maioria delas são muito graves”, relatou o vereador.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, criticou também a ausência da Prefeitura de São Luís e da SMTT. “Muitos dos questionamentos que a população de São Luís faz sobre o transporte coletivo, a resposta está com eles. Como não teriam coragem de falar a verdade sobre as suas próprias deficiências e inoperâncias, a ausência foi o caminho escolhido e o desrespeito a população.” citou o dirigente sindical.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *