Estado tem 72h para se manifestar sobre situação precária da MA-315

Conhecida como “Ecorodovia MA-315”, trecho que liga os municípios de Barreirinhas a Paulinho Neves, enfrenta problemas graves de infraestrutura. A obra entregue em janeiro deste ano, recebeu um investimento de mais de R$ 12 milhões de reais. Deterioração do asfalto e problemas no escoamento da água, são as principais queixas de quem trafega constantemente pelo local.

“É uma vergonha porque mal terminaram de fazer isso aqui. Não faz nem um ano. Terminaram e já está desse jeito. Está afundando tudo o asfalto”, reclamou o motorista Jean Franco.

Na última segunda-feira (1º), por determinação do juiz da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, Douglas de Melo Martins, ordenou que o Governo do Estado se manifeste sobre a situação precária do trecho. A determinação judicial foi baseada na Ação Popular movida, no último sábado (30), pelo deputado federal Edilázio Júnior.

De acordo com o parlamentar, em março de 2018, o governo firmou contrato com a Construtora Sucesso S.A no valor superior a R$ 9,1 milhões para recuperação da MA-315. A empresa que teria nove meses para entregar a obra. No entanto, seis meses após a assinatura do contrato, o governo aceitou fazer um aditivo de mais de R$ 2 milhões, o que seria irregular.

O juiz ainda determinou que o estado, além de determinar o envio de cópias do contrato da obra, documentos de recebimento provisório e definitivo, dá prazo de 20 dias para manifestação do Ministério Público do Maranhão (MP-MA).

Fonte: G1 MA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *