Aumentou para 16 o número de cidades em situação de emergência no Maranhão

O número de cidades em situação de emergência Maranhão aumentou. Boa Vista do Gurupi e Santa Helena são os municípios com maior número de desabrigados e desalojados por causa da cheia dos rios, ocasionada pelas fortes chuvas.

A cidade de Santa Helena, a 115 km de São Luís, é uma das mais afetadas até o momento, parte da população está se locomovendo de barco por conta do nível do Rio Turiaçu que continua subindo e provocando estragos. De acordo com a Defesa Civil, Mais de 1.700 famílias estão desabrigadas ou desalojadas.

Escolas do município que estão servindo de abrigo, já se encontram cheias. Nos abrigos, as pessoas estão sobrevivendo de maneira improvisada há mais de duas semanas em salas de aula.

O Rio Gurupi, que fica na divisa entre o Maranhão e o Pará, já elevou mais de 10 metros. Segundo o coordenador da Defesa Civil em Santa Helena, Jocemilson Teixeira, há 45 anos a cidade não registrava uma enchente tão grande. “Nós tivemos uma enchente aqui que causou muito prejuízo em 2009. Porém, essa enchente já superou a questão de 2009 e ela consegue agora se associar a uma que tivemos em 1974 que causou muito prejuízo”, relatou.

Em Boa Vista do Gurupi, a 236 km da capital, cerca de duas mil pessoas tiveram que deixar as suas casas e agora estão alojadas em residências de parentes ou abrigos. Em alguns bairros, o aumento da água da chuva obrigou os moradores a deixar as suas casas porque elas estão cobertas pela água.

A secretária Municipal de Meio Ambiente de Boa Vista do Gurupi, Maria Lúcia Leal, afirma que ainda não há previsão para os moradores voltarem para as suas casas. “Não. Ainda não e isso que torna difícil porque têm muitas famílias que resistem de sua casa, mas não tem outro jeito”.

Agências bancárias e casas lotéricas não estão funcionando. Três mil alunos estão sem aula. Há moradores dormindo em barcos e tendo que pescar para manter a sobrevivência, já que o comercio também se encontra suspenso.

Dados parciais em lista de cidades que decretaram situação de emergência no MA:

  • Santa Helena: 284 famílias desalojadas, 53 desabrigadas. Total de afetados – 33.492
  • Boa Vista do Gurupi: 130 famílias desalojadas, 60 desabrigadas. Total de afetados – 3.252
  • Alto Alegre do Pindaré: 348 famílias desalojadas, 77 desabrigadas. Total de afetados – 729
  • Santo Amaro: 20 famílias desalojadas, 40 desabrigadas
  • Itaipava do Grajaú: Total de afetados – 15.897
  • Barão de Grajaú: Total de afetados – 17.841
  • Nina Rodrigues: Total de afetados – 14.264
  • Sítio Novo: Total de afetados – 18.001
  • Icatu: Total de afetados – 26.953
  • Paço do Lumiar: Total de afetados – 210
  • São José de Ribamar: Total de afetados – 168
  • Araioses: Dados em fase de consolidação
  • Formosa da Serra Negra: Dados em fase de consolidação
  • Imperatriz: 800 desabrigados

Fonte: TV Mirante/ G1 MA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *