Operação policial prende dez suspeitos de crime organizado

A Polícia Civil do Maranhão, sob a Operação “Alvo Certo”, apresentou nove suspeitos de envolvimento com o crime organizado. Ao todo, 10 pessoas foram presas suspeitas de coordenar movimentações financeiras, e realizar alistamento de integrantes para facção criminosa que atua no estado.

Além das prisões, foram apreendidas também cinco armas e materiais utilizados na organização do grupo, como caderno de anotações, notebooks, celulares, entre outros objetos.

“Foram realizadas buscas e apreensões em diversos bairros da capital, incluindo municípios da Grande São Luís, como em São José de Ribamar”, explicou Gil Gonçalves, o delegado chefe do Departamento de Combate ao Crime Organizado da Superintendência de Investigações Criminais (Seic).

A Operação “Alvo Certo” já cumpriu 23 mandados de busca e apreensão, incluindo escritórios de advogados. De acordo com o delegado, as buscas foram feitas porque havia indícios de uma relação que ia além da profissional.

Mais de 80 policiais participaram da operação, que vai ter continuidade. A ação não visou apenas a apreensão de objetos ilícitos, como drogas e armas, mas também a apreensão dos presos que são responsáveis pela movimentação financeira das facções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *