Em meio a crise na Venezuela, grupo de imigrantes chega a São Luis

Um grupo de 31 venezuelanos viajaram por Roraima, Amazonas e Pará até chegarem em São Luis a procura de melhores condições após a crise em sua terra natal. Há dois dias, o poder público disponibilizou uma casa para os imigrantes, pois eles estavam a varias dias dormindo na rodoviária e pedindo esmolas pela rua.

A casa possui sala de estar, três quartos, um terraço, copa, cozinha e apenas um banheiro, que estão sendo divididos por 7 famílias com diversas crianças.

Segundo o venezuelano Rafael Rattia, o grupo saiu a 3 anos de seu país natal e estão peregrinando pelo Brasil em busca de trabalho e condições de vida melhores. Eles sonham em voltar para ajudar o restante da família que ficaram para trás, mas até então ainda não conseguiram levantar fundos para concluírem o objetivo.

No fim da tarde desta quinta-feira (2), o abrigo foi visitado por representantes da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social e pela Secretaria de Estado dos Direitos Humanos, que conversaram sobre o futuro dos imigrantes.

De acordo com Jonatan Galvão secretario adjunto de Direitos Humanos do Maranhão, foi passado as devidas orientações para que eles pudessem ter contato com as leis brasileiras e evitar que as crianças e os adolescentes estejam em situação de rua, pois os colocariam em perigo. Caso eles queiram permanecer no Maranhão, serão incluídos na rede pública de educação e será prestada a devida assistência.

Fonte: G1 Maranhão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *