Mulher afoga o próprio filho e se entregar à polícia, na Cidade Operária

A Polícia Civil prendeu na tarde da última quinta-feira (27), Zilpa Soares Silva, de 27 anos, em uma área de invasão na região da Cidade Operária, em São Luís. Zilpa se apresentou na Delegacia Especial da Cidade Operaria, depois de ter assassinado o próprio filho de apenas 4 meses.

Ela afogou a criança em um balde, na parte da lavanderia da casa onde mora. Após o crime, ela foi à delegacia e disse a agente de plantão, que queria registrar uma ocorrência.

Assim que relatou que tinha matado o próprio filho, os policiais resolveram ir com ela até o local.  Ao chegarem na casa, acabaram se deparando com o bebê, com parte da cabeça mergulhada em um balde. Zilpa foi levada de volta para a delegacia para prestar depoimento.

Zilpa Soares, disse que matou a criança por não ter condições de criá-la, já que se encontra separada do pai, e agindo assim, evitaria o sofrimento do bebê.  Pelo que a polícia apurou, Zilpa tem problemas de esquizofrenia.

O corpo do bebê foi encaminhado para o IML.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *