Presos criminosos que torturaram morador do São Raimundo, por não aceitar ações violentas na localidade

Criminosos acusados de cometerem crimes de tortura, assassinatos e de exibirem atos bárbaros na internet, foram presos na última quinta-feira (18), durante diligências da Polícia Civil, na área do São Raimundo. Há possibilidade de haver um cemitério clandestino nessa localidade.

Os presos foram identificados como Wenderson Escócio Feitosa, Luiz Henrique Lima Fernandes e Nathanael Felipe da Silva e Silva, conhecido com “Satan”. A polícia informou ainda, que eles foram presos em cumprimento de uma ordem judicial expedida pela Central de Inquéritos de São Luís, após investigação realizada pelo 15º Distrito Policial, no bairro do São Raimundo.

Durante a investigação, ficou constatado que os acuados fazem parte de uma facção que tem como ponto base, o estado do Rio de Janeiro. Inclusive, eles teriam torturado um morador do São Raimundo, que não apoiava as ações criminosas cometidas na localidade, exibindo a tortura nas redes sociais.

As principais vítimas do bando, também são os faccionados rivais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *