Crueldade: cadela é esfaqueada nas dependências da faculdade Pitágoras, no Turu

Na última terça-feira (27), uma cadela foi encontrada gravemente ferida, com facadas na cabeça, embaixo de uma mangueira, dentro das dependências da faculdade Pitágoras, em São Luís, localizada no bairro do Turu. Um vigilante terceirizado é suspeito de ter praticado o crime.

De acordo com alunos e funcionários, a cadela transitava pela instituição diariamente e é querida pelas pessoas que frequentam o local.

Após ser encontrada ferida, a cadela foi levada para uma clínica veterinária, no bairro da Cohama, mas logo foi encaminhada para uma outra, localizada no bairro do São Francisco. O animal está em estado grave e passa por exames específicos para tentar continuar com vida.

Em nota, a faculdade Pitágoras, de São Luís, disse que repudia veementemente qualquer ato de violência contra animais e afastou o vigilante terceirizado, responsável pela segurança do local. A instituição já procurou a Delegacia de Meio Ambiente para registrar a ocorrência e está apurando internamente o fato para tomar todas as medidas cabíveis junto aos responsáveis.

Confira na íntegra a nota emitida pela Instituição de ensino:

“A faculdade Pitágoras de São Luís – Campus Turu I – MA, esclarece que repudia veementemente qualquer ato de violência contra animais. A faculdade esclarece que, preventivamente, afastou o vigilante terceirizado, responsável pela segurança do local, procurou a Delegacia de Meio Ambiente para registro da ocorrência e está apurando internamente o fato para tomar todas as medidas cabíveis junto aos responsáveis. A instituição reitera que permanece à disposição para sanar quaisquer dúvidas adicionais.”

Fonte: Imirante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *