Assalto a joalheria mantém mulher como refém e proprietário gravemente ferido, em São Luís

Na última segunda-feira (4), por volta das 16h15, um homem identificado como Cleiton Pinto Vasconcelos, entrou em uma joalheria localizada no prédio Linda Duailibe, na Rua da Paz, no Centro de São Luís, onde anunciou o assalto e manteve como refém uma mulher, identificada apenas como Irene, mulher do proprietário da loja.

Segundo a Polícia Militar, haviam três pessoas no local: um homem identificado como Wilian Araújo Braga, irmão do dono da loja, que reagiu ao assalto, e acabou sendo alvejado com vários tiros. A vitima foi socorrida e levado ao Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), onde passou por uma cirurgia, mas não há informações sobre o seu quadro.

O proprietário da loja, passou mal e foi liberado pelo criminoso, mas logo foi atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que estava no local. Durante a negociação, tiros foram trocados entra os policiais e o assaltante, o que causou pânico na região.

A imprensa e um advogado foram até o local. De acordo com as condições postas pelo assaltante para se render, após a intensa negociação, o homem se rendeu e foi levado preso pela polícia para o Plantão Central das Cajazeiras. Com ele foi apreendida uma pistola 380. Há informações de que o suspeito estaria acompanhado de uma mulher, que teria fugido, mas a Polícia ainda investiga o caso.

Fonte: Imirante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *