Pré-candidatos criticam reajuste de passagem de ônibus, em São Luís

Na última sexta-feira (14), o reajuste nas passagens de ônibus foi confirmado pela Prefeitura de São Luís. As tarifas das linhas integradas passaram de R$ 3,40 para R$ 3,70 e as não integradas de R$ 2,95 para R$ 3,20.

O atual deputado estadual Adriano Sarney, afirma que não há justificativas para o aumento da passagem visto que os ônibus encontram-se em péssimas condições e os terminais não oferecem conforto e segurança a população.

Já o deputado federal Eduardo Braide, também se posicionou a respeito do assunto e disse em suas redes sociais que já havia alertado sobre o aumento na campanha eleitoral em 2016 e acrescentou “a partir do ano que vem essa história vai mudar!”.

O deputado estadual Yglésio Moyses pré-candidato do Pros à Prefeitura de São Luís, entrou no debate discordando de Braide e Adriano. Segundo ele o reajuste de tarifas aconteceu porque estava previsto em contrato.

Outro deputado estadual que também se manifestou foi, Duarte Júnior, que em nota disse a respeito da situação: “uma cidade desenvolvida começa por um sistema de transporte público eficiente e acessível a todos”.

Duarte Júnior por sua vez, convocou uma audiência pública para a próxima quarta-feira (19) às 13h30 minutos, convidando os representantes do SET (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros em São Luís), do STTREMA (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão), da SMTT (Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes) e demais órgãos para comprovarem as melhorias necessárias.

O reajuste passou a vigorar no domingo (16).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *