MEC divulga normas de segurança para retorno das aulas presenciais

Nesta quinta-feira (2), o Diário Oficial da União, publicou a Portaria n° 572, em que o Ministério da Educação (MEC), institui o protocolo de biossegurança para o retorno gradual das atividades de educação básica e de ensino superior do país, como medida de enfrentamento da pandemia do Coronavírus (covid-19).

O protocolo orienta sobre normas de prevenção que deverão ser seguidas em ambientes das atividades educacionais, como: aferição da temperatura corporal, uso de máscaras e álcool em gel 70%, higienização de bebedouros, ventilação dos locais, etiqueta respiratória e distanciamento social.

Nas praças de alimentação e refeitórios, será obrigatório escalar o acesso de alunos, para evitar aglomerações.

Segundo o documento, os servidores e estudantes que se enquadram no grupo de risco do Coronavírus (gestantes, lactantes, pessoas com mais de 60 anos de idade, portadores de doenças crônicas ou cuidadores de pessoas com suspeita ou infectadas), poderão dar continuidade ao trabalho e ensino à distância.

As instituições de ensino, deverão desenvolver formas para repor as aulas, após o fim da pandemia, para todos os estudantes que estão no grupo de risco.

Protocolos próprios de segurança, deverão ser adotados pelas instituições de ensino, de acordo com as regras estaduais e municipais, através de dados sobre a evolução do vírus.

O cronograma das atividades de ensino, deverá ser conduzido através do governo local, com o auxílio das autoridades sanitárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *