Acontece a primeira audiência por videoconferência em Sistema Prisional de Imperatriz

Após a autorização do Conselho Nacional de Justiça, na última quarta-feira (8), foi realizada a primeira audiência por videoconferência no Sistema Prisional, em Imperatriz, devido à pandemia do Coronavírus (covid-19). 

A audiência contou com a participação de um apenado interno da Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz (UPRI). Estavam presentes também, o titular da 5ª Promotoria de Justiça Criminal, Domingos Eduardo da Silva e o juiz da Vara de Execuções Penais, Mário Henrique Reis. 

Segundo o promotor de Justiça, após a experiência, a modalidade virtual para audiências, é um método inovador e deve permanecer mesmo após o período da pandemia. 

“Na audiência em caráter presencial, é preciso fazer o deslocamento do apenado com escolta armada, usando viaturas que demandam combustível, dentre outros detalhes para levar o preso ao Fórum”, afirma o promotor de Justiça Criminal.

O formato virtual, promove economia para os cofres públicos, devido à redução de custos utilizados para cobrir toda a logística de uma audiência presencial.

“Na forma virtual, evitamos toda a logística, o que torna tudo mais ágil e muito útil na execução da pena”, destaca o titular da 5ª Promotoria de Justiça Criminal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *