Audiência contra soldado da PM que assassinou esposa será realizada hoje

Nesta quarta-feira (15), no Fórum Desembargador Sarney Costa, bairro do Calhau, será realizada a primeira audiência, após seis meses do duplo homicídio cometido pelo policial militar, Carlos Eduardo Nunes, contra a esposa, Bruna Lícia Fonseca Pereira e José Willian dos Santos Silva.

A audiência de instrução, será presidida pelo juiz titular da 4ª Vara do tribunal do Júri, José Ribamar Goulart Heluy Júnior. Foram 15 testemunhas listadas para essa primeira etapa.

O soldado da Polícia Militar do Maranhão (PM), responde em seu processo, pelos crimes de feminicídio, contra a esposa e homicídio contra o assassinato de José Willian dos Santos.

Relembre o caso

No dia 25 de janeiro deste ano, no condomínio Pacífico I, no bairro Vicente Fialho, em São Luís, Carlos Eduardo Nunes, assassinou a esposa, Bruna Lícia Fonseca Pereira, após encontra-la com um homem identificado como José Willian dos Santos Silva.

No depoimento, o soldado confessou que houve luta entre eles antes dos disparos fatais.

Segundo a investigação do caso, o policial militar, efetuou aproximadamente 7 tiros. A mulher foi atingida por dois disparos e José Willian dos Santos Silva, por cinco tiros.

Após entregar a arma para o seu tio, sargento da Polícia, Carlos Eduardo Nunes foi levado para a Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *