No Brasil, mortes por Covid-19 superam mortes por homicídios e acidentes de trânsito em 2019

Na última quarta-feira (22) o número de mortes por Covid-19  superou o número de mortes registradas em 2019 por homicídios e acidentes de trânsito em todo o país.

82.890 mortes por Covid-19 foram registradas e de acordo com o consórcio de veículos de imprensa em 2019 foram:

  • 41.635 assassinatos, de acordo com dados do G1;
  • 40.721 mortes em acidentes de transito, de acordo com o número de indenizações pagas por mortes de acidente de trânsito em 2019 no  O dado está em documento (relatório) anual do seguro DPVAT da Seguradora Líder, responsável pelo pagamento.

Dados atualizados às 8h de 23 de julho, dia seguinte à data em que o total de mortos por Covid-19 ultrapassou o de mortos por homicídio e acidentes de trânsito, apontavam 82.925 mortes pela doença. 

O Brasil registrou a primeira morte por Covid-19 no dia 12 de março, 68 dias depois em maio, o país ultrapassou a marca de mil mortes registradas em 24 horas (essa media de mortes tem se mantido até então). São 211 milhões de brasileiros e mais de 1,8 milhões já contraíram Covid-19.

De acordo com especialistas em epidemias no dia 10 de julho, quando o Brasil chegou a 70 mil mortes, foi constatado que não há nenhum episódio que seja responsável por tantas mortes em tão pouco tempo.

E, se formos buscar no passado uma situação que seja, ao menos, comparável, vamos precisar ir muito longe. Mais de um século atrás: 1918, quando o mundo ainda voltava a respirar da Primeira Guerra Mundial. Novamente faltou o ar.

A gripe espanhola se espalhou pelo planeta. Cerca de 50 milhões de mortes. No Brasil, foram 35 mil mortes.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *