Edison Lobão vira réu na Lava Jato, por corrupção e lavagem de dinheiro

O ex-senador Edison Lobão (MDB-MA) e seu filho, Márcio Lobão, viraram réus na Lava Jato por suposto envolvimento no contrato de construção da Usina de Belo Monte, no Pará. Eles são acusados de crimes de corrupção e de ter recebido propina, entre 2011 e 2014, no valor de R$ 2,8 milhões, por intermédio do Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht.

Ler mais